Dedicated Analytical Solutions

08-03-2017

Entrevista Barbosa & Marques - FoodScan Dairy Analyzer

Garantindo qualidade desde a matéria-prima até o produto acabado

Fundada em 1915, por Antonio Marques e Francisco Barbosa, em Carangola/MG, a empresa Barbosa & Marques esteve presente no mercado, em ordem cronológica, primeiro com o comercio atacadista, depois com a compra e exportação de café, depois no somatório das indústrias, e por ultimo na indústria de laticínios. A indústria de laticínios começou em 1934 com a sociedade numa pequena fábrica de manteiga, marca Paiva, chegando a empresa a ser a maior fabricante de manteiga do Brasil. Nos anos 40 foi lançada a marca Regina nos queijos. 

Já tendo ultrapassado 100 anos de vida a Barbosa & Marques segue inovando e em permanente modernização de seus processos, equipamentos e fábricas e cada vez mais exigente com a qualidade de seus produtos para bem atender seus fieis consumidores e em busca dos novos consumidores para as marcas Regina, Zero e Total. Como foco total na qualidade, a Sra. Raquel Sant'Ana Nepomuceno, Gerente de Qualidade da empresa Barbosa & Marques que agrega mais de 25 anos de experiência com análises laboratoriais, compartilha a seguir como o analisador FoodScan Dairy Analyzer da FOSS tem sido um grande aliado em sua missão de fornecer produtos seguros e de alta qualidade aos seus fiéis consumidores.

1. Qual foi o desafio que levou a sua empresa a adquirir o analisador FoodScan da FOSS? 

Só liberamos para o mercado consumidor os produtos submetidos às análises microbiológicas, físico-químicas e sensoriais; isto para se ter garantia do atendimento às legislações e da padronização das produções. Como as metodologias tradicionais são demoradas e muitas vezes necessitam de repetições, necessitávamos de métodos não apenas rápidos mas confiáveis, com boa correlação dos resultados analíticos para maior segurança e rapidez na liberação dos produtos para comercialização.

2. Em que os instrumentos da FOSS se diferenciam em relação a outros similares?

São equipamentos robustos, que utilizam tecnologia avançada, de reconhecimento mundial. Além disto são de fácil operação e manutenção. Permitem análise de uma grande variedade de parâmetros com uma única amostra e resultados seguros com bastante rapidez.

3. Nos conte um pouco sobre como era a sua rotina de trabalho antes da instalação do analisador. A fábrica foi reajustada considerando o uso do FoodScan?

Chegamos a ter 03 analistas exclusivos para a rotina físico-química dos queijos, manteigas, requeijões, etc. Além disto muitas vezes éramos questionados pela produção quanto a resultados, principalmente nas metodologias em que se utilizava titulação com interpretação de cor, como o caso da determinação do teor de cloreto de sódio. Sem contar que algumas análises, como por exemplo determinação do teor de proteínas dos queijos, eram realizadas em laboratórios externos e os resultados, muitas vezes devido à demora na entrega, impediam realização de ajustes mais rápidos na linha de produção.

4.O FoodScan atendeu às suas expectativas e as da sua equipe?

Sim, completamente. Como relatei anteriormente as liberações são muito mais rápidas, temos mais segurança inclusive nas condenações de produtos; melhoramos a padronização das linhas de produções e até rendimento de alguns produtos devido à maior sensibilidade das análises.

5. Como é o trabalho agora que o analisador está instalado? 

Um ponto negativo por um lado, foi a redução do quadro de funcionários: apenas com um analista operando o equipamento, mantemos a rotina do laboratório, mesmo com o crescimento de itens produzidos. Há dois anos atrás atendíamos a 02 unidades fabris; atualmente, com o Foodscan, já são 03 unidades, com mais rapidez e eficiência.

6. Seria possível realizar a produção com precisão, sem o uso do analisador?

Sim, porém com a ajuda de laboratórios externos e sem a agilidade necessária.

7. Como o analisador é utilizado e como ele faz parte da rotina?

É utilizado tanto no acompanhamento das linhas de produções, para ajuste de alguns parâmetros durante o processo, quanto na liberação dos produtos para expedição/comercialização.

8. Quais tipos de benefícios o uso do analisador trouxe para a sua empresa? 

Otimização do quadro de funcionários do laboratório, rapidez e confiança na liberação dos resultados, redução de uso de produtos químicos – benefício para o meio ambiente e saúde dos funcionários dentre outros.

9. Como você avalia os serviços da FOSS prestados em sua empresa?

Muito bom: além da tecnologia de ponta utilizada nos equipamentos, o serviço de manutenção preventiva FossCare nos dá mais segurança na operação e resultados obtidos.

10. Você faria negócios novamente com a FOSS?

Já fizemos! Além do FoodScan adquirido em 2013 nós adquirimos também o MilkoScan em 2016. Isto para garantir cada vez mais o uso de matéria-prima de qualidade na fabricação de nossos produtos.

A FOSS agradece a Barbosa & Marques pelos anos de parceria e confiança, e a Sra. Raquel Nepomuceno pela excelente entrevista realizada.

Leia mais sobre o FoodScan Dairy Analyzer.


We make your user experience better by using cookies. If you continue on this website you agree to the use of cookies. Read more about cookies here.

×